Entenda por que Ceni segue rodando o elenco após as primeiras rodadas do Paulista

A primeira fase do Campeonato Paulista já chegou na metade, mas o técnico Rogério Ceni segue rodando seu elenco, preferindo dar minutos a todos os atletas são-paulinos ao invés de priorizar a montagem do famoso “time ideal” para a temporada de 2022. Mas por que o comandante tricolor vem adotando essa estratégia?

No ano passado, o São Paulo decidiu tratar o Campeonato Paulista como uma Copa do Mundo, Não por acaso, o Tricolor acabou erguendo o troféu após 16 anos. Agora, sob o comando de Ceni, o Tricolor enxerga o Estadual e o rodízio de jogadores como uma ótima oportunidade de preparar todo o elenco para as competições mais importantes do ano.

“Fisicamente o time vai ganhando mais lastro, a gente vai rodando as peças, porque eu não quero iniciar o Campeonato Brasileiro com o time arrebentado. Esse não é o intuito. O intuito é fazer com que o time esteja mais inteiro para o início do Brasileiro, se eu ainda estiver aqui até lá”, disse Rogério Ceni.

De fato, o São Paulo sofreu com problemas físicos no ano passado por ter priorizado o Campeonato Paulista e também pelo fato de os jogadores não terem saído de férias após a traumática temporada de 2020, em que o Tricolor acabou deixando o título do Brasileiro, outrora dado como quase garantido, escapar.

Com sua estratégia, Rogério Ceni já deu oportunidade a 24 jogadores e ainda não repetiu escalação em 2022. O treinador vem ganhando o elenco ao fazer com que todos os atletas se sintam úteis no processo de construção da equipe, e não é apenas nos jogos, mas nos treinos também.

“Eu sempre treino os 20 jogadores que vêm pro jogo, tirando os goleiros. Trabalho sempre com 20 fazendo a mesma movimentação no dia anterior ao jogo. Todos eles já se conhecem, todos trabalham juntos, não têm problema nenhum, muitos já vêm do ano passado”, comentou o técnico do São Paulo.

Nesta quinta-feira, contra a Inter de Limeira, no Morumbi, a tendência é que o São Paulo novamente sofra mudanças em relação ao time que enfrentou a Ponte Preta. Calleri, que iniciou o duelo com a Macaca no banco de reservas, pode voltar a ser titular, assim como Rafinha na lateral direita. Miranda, na vaga de Diego Costa na zaga, é outra possibilidade.

Fonte: https://onefootball.com/pt-br/noticias/entenda-por-que-ceni-segue-rodando-o-elenco-apos-as-primeiras-rodadas-do-paulista-34577854

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *